Construindo Braços Mais Fortes Praticando Ioga

No outro dia eu estava no trabalho e um de meus colegas que estava fazendo aulas de ioga começou subitamente a levantar um haltere de 20 quilos que ele tinha em sua mesa.

Como ele faz isso com frequência, perguntei-lhe por quê estava levantando todo aquele peso, e sua resposta foi:

“A verdade é que minha aula de yoga não faz nada pelos meus braços”.

Olhei para ele, intrigado, e felizmente para mim, ele tinha um rascunho de um livro com fotos de algumas poses de equilíbrio de yoga e questionei se ele as havia experimentado alguma vez ou se as conhecia.

Para minha surpresa, ele disse que não e agora insiste que eu as mostre a ele.

Então eu me perguntava quantos outros entusiastas da ioga pensam que a ioga não é adequada para desenvolver a força do braço.

Se você faz parte deste conjunto de pessoas, saiba que nada poderia estar mais longe da verdade.

A ioga é excelente para desenvolver força nos braços, e embora você nunca verá seus bíceps saindo das mangas da camisa, eu diria que você verá um aumento na força e resistência dos braços que não pode acontecer com outras formas de exercício.

Além disso, alguns exercícios básicos como flexão, por exemplo, são muito semelhantes à yoga.

Saudação ao Sol

Se você quiser aumentar a força de seus braços praticando yoga, acho que os melhores exercícios para praticar são, antes de mais nada, a saudação ao sol.

Nas minhas práticas de yoga, quando tive dificuldade em manter posturas duradouras como a pose da roda, arco, pavão e corvo – com suas variações – por um período de tempo bastante longo (por exemplo 90 segundos ou mais), percebi, por pura coincidência, que ao elevar o número de voltas das saudações ao sol acima mencionadas (exercícios) para pelo menos 24 voltas regulares, consegui manter cada uma das poses acima mencionadas por um período de tempo maior.

Logo, é possível concluir que isto se deve ao fato de que os músculos se aquecem com este exercício poderoso.

Uma combinação de posturas sistemáticas para demandas moderadas ou fortes de outra forma.

Além disso, quando comecei a acrescentar os push-ups hindus (um derivado direto da ioga, pois é essencialmente um cão e uma cobra posando para baixo repetidos um após o outro) como uma alteração espaçada de ritmo durante a prática, as mesmas saudações ao sol aumentaram e muito a minha resistência física.

Construindo Braços Mais Fortes Praticando ioga

Quais Poses São Recomendadas

Enquanto que, além das saudações ao sol (mais de 24 voltas), as outras poses que seriam preferíveis para aumentar a força do braço seriam as seguintes:

  • A pose das rodas
  • Postura plana inclinada
  • Postura do arco
  • As diferentes variantes de poses do pavão
  • As diferentes variantes de pose do corvo

Vale mencionar, que, até mesmo a simples alongamentos do ombro, se feita em conjunto com as contraposições – a ponte e a pose do peixe – pode certamente ser útil no uso da ioga para aumentar a força do braço.

Você sabe que cada uma dessas posturas também é excelente para fortalecer os músculos abdominais e, em alguns casos, proporcionar uma massagem profunda dos tecidos dos órgãos viscerais.

E agora, você ainda acha que simplesmente levantar haltere pode fazer tudo isso por você?

Portanto, da próxima vez que você pensar – como meu colega – ou conhecer alguém que acha que a yoga não é capaz fazer muito pelos seus braços, diga-lhe apenas para praticar as poses acima, além das maravilhosas saudações ao sol.

Será um caso clássico de “tentar é acreditar”. Experimente esta sugestão e você verá um aumento quase garantido na força do braço em um período de tempo muito curto através da prática constante de ioga.

O conteúdo Construindo Braços Mais Fortes Praticando Ioga aparece primeiro em Yoga ou Ioga.

Publicado por yogaouioga

O site Yoga ou Ioga tem objetivo de compartilhar a filosofia e história dessa arte milenar. O Yoga surgiu na Índia há mais de 5 mil anos, porém ninguém sabe com precisão a data correto e muito menos o nome de quem o idealizou primeiro. Existem vários tipos de Yoga e as práticas executadas atualmente se diferem muito das práticas ancestrais. Hatha Yoga: conhecido como Yoga clássica, sendo o estilo mais popular e pratica pelos iniciantes no Ocidente porque o estilo é direcionado ao condicionamento físico. Ashtanga Yoga: considerado filho do Hatha, suas práticas misturam seis séries de posturas estáticas que vão evoluindo pelo praticante no decorrer do tempo e conforme a capacidade do corpo de realizar as posturas necessárias para a prática. Vinyasa Yoga: outra derivação do Hatha, é um estilo mais contemporâneo. Um estilo muito gracioso pelo fato de sua prática ser baseada na realização de posturas em flow, isto é, fazendo movimentos que se encaixam, parecendo uma dança ensaiada. Kundalini Yoga: direcionado ao trabalho espiritual e promover conexão entre corpo, mente e espírito por meio da execução de atividades físicas. A respiração é fator crucial na prática de Kundhalini Yoga por crer que, juntando posturas e exercícios de respiração, podemos equilibrar os chakras. Raja Yoga: também direcionado para o lado espiritual de quem está executando. Conhecido também como Yoga Real, pelo fato de ser voltado para o Interior, crescimento pessoal do indivíduo e não para o esforço físico. Iyengar Yoga: concentra a permanência enquanto executa as posições e no alinhamento de todos os movimentos. Isso torna as aulas mais lenta e individual, mantendo a concentração em si mesmo durante a prática. Ao contrário do que muitos pensam o Yoga não está relacionado somente a atividade física, contorcionismo. Trata-se de um estilo de vida que busca a união tudo ao seu redor: universo, natureza, os outros, o Divino e etc. Os praticantes visam alcançar a união. Visite o site oficial: https://yogaouioga.com.br/hatha/curso-de-yoga-online

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: