Yoga ou Ioga

Comece a Transformar sua Vida com Yoga!

Olá, quero lhe dar as sinceras boas vindas a este site. Aqui pretendo disponibilizar tudo que você precisa saber sobre a arte do Yoga, entretanto não será um treinamento.

Para isso, eu fiz um artigo completo indicando o melhor curso de yoga online que existe na internet Brasileira.

Vamos falar sobre o que é exatamente o yoga, sua origem, dicas práticas, pra quem é recomendado, tantras, posturas e muito, muito mais.

Pronto (a) pra começar? Bora lá…

Eu defino o Yoga como um caminho de autodescoberta cuja ideia principal é você se conectar com o seu Eu Interior, um caminho de expansão da consciência. Com suas raízes na índia, sua origem remonta há mais de 5 mil anos de existência aproximadamente.

Porém encontramos bastante controvérsia nessa história toda. Para o yoga chegar no Ocidente ele teve uma codificação por volta de 700 a.C a 400 a.C que foi o Patanjali que codificou os Yoga Sutras e por meio  desses Sutras que tinham oito partes  ele chegou nas outras partes do mundo.

Mas o Yoga em si, o que ele significa?

Yoga é um caminho que leva ao autoconhecimento de autodescoberta, de expansão da consciência e que perpassa por diversos elementos que o ser humano possui. Perpassa pelo corpo, perpassa pela mente e pela sua energia sutil.

Logo, no caso dos Yogas Sutras de Patanjali podemos citar Yama e Niyama, que são as prescrições e as proscrições éticas. Temos também  Asanas, que são as posturas  Pranayama, Pratyahara, Dharana, Dhyana e do Samadhi que é a meta do Yoga.

O termo Yoga significa união em sânscrito e faz referência à união de si consigo mesmo, com as coisas a sua volta, isto é, como você se relaciona com as pessoas ao seu redor, com a natureza, com o seu corpo e mente,  com o ambiente,  enfim, o laboratório do Yoga vai ser o seu próprio corpo e os seus pensamentos, e através desse corpo e desses pensamentos  a elevação da sua consciência.

Logo, você percebe que se trata de um estudo grande e complexo, mas pode ser muito simples e prazeroso ao mesmo tempo, porque pode fazer parte da tua vida todos os dias.

Não dá pra você dissociar, dizer assim, agora estou tomando água, agora estou fazendo Yoga, porque a partir do momento que a prática se torna parte da tua vida, tomar água de uma forma Yogui vai ser diferente de tomar água simplesmente porque eu estou com sede.

Respirar não vai ser igual era antes, de forma alguma.

Como Vivenciar o Yoga na Prática

Yoga pode ser vivenciado de várias maneiras, existem linhas, existem setorizações que a mente Ocidental se sente dependente  dessas atualizações, das coisas para entender melhor e etc., porém,  na própria origem lá na Índia podemos encontrar essas setorizações.

  • Como o Bhakti Yoga, que é o Yoga devocional.
  • Temos Yogas mais corporais como o Hatha Yoga.

Os Yogas corporais que estão no Ocidente hoje em sua grande maioria são derivações de Hatha Yoga, mas a origem tem algo em torno de 108 de acordo com alguns Yogas.

Porém não sei se por ser um número simbólico  ou por ser exatamente 108  e depois tem as derivações, na verdade assim historicamente falando, existem oito divisões básicas do Yoga , que são:

  • Raja Yoga, que é o Yoga mental  Mantra Yoga
  • Karma Yoga
  • Bhakti Yoga  e existem subdivisões dessa

Hatha Yoga, que mais popular e aqui no Brasil podemos mencionar o Mestre Iyengar  e Pattabhi Jois, que são os mais atuais  Dharma Mittra. Basicamente, cada um possui  a sua maneira de codificar esse Hatha Yoga.

Por exemplo, Iyengar chama o yoga dele de Hatha Yoga, já o Patthabi Jois vai chamar de Ashtanga Vinyasa Yoga e do Ashtanga Vinyasa vai ter outra ocidentalização.

Como referência temos a Michelline Barry que fala em Vinyasa Flow e muito mais. Como podemos ver, são várias derivações e nem entramos muito nessas questões porque há muita controvérsia  e na verdade se formos pensar bem,  todas essas variantes são produto de uma coisa muito interessante do Yoga,  ele é altamente individualizável.

Yoga é uma coisa muito pessoal,  por mais que você siga uma tradição específica você adapta esse Yoga para você mesmo, logo é natural que as pessoas desenvolvam o próprio jeito de fazer aquele yoga, por isso que que acabam surgindo tais variantes.

Não quero dizer, de forma alguma, que esteja errada, é simplesmente um jeito pessoal de a pessoa fazer aquilo, uma interpretação particular do que ela aprendeu e cada um vai individualizar a prática de alguma forma.

Este conteúdo foi postado primeiro em https://yogaouioga.com.br/


Direitos autorais de Yoga ou Ioga – Todos os direitos reservados

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora